Somos o 9.º A da Escola EBI c/JI Cidade de Castelo Branco. Neste blog, publicaremos os nossos trabalhos realizados no âmbito da disciplina de Área de Projecto.

14
Mar 10

 

O trabalho de uma vida
 
Abel Mateus nasceu numa pequena aldeia chamada Orjais, vivia com o pai e com o irmão mais velho, pois a sua mãe havia morrido após o seu nascimento, devido às más condições pós-parto, sobretudo pela falta de higiene.
Moravam numa casa apenas com um quarto e uma cozinha.
Na década de 30 e 40, Abel Mateus conta que viviam em plena crise, com pouco agasalho e muita fome. Abel, o pai e o irmão, trabalhavam no campo e o que ganhavam mal dava para o sustento de uma pessoa quanto mais de três.
Passaram por muitas dificuldades, uns dias comiam um prato de sopa e outros não chegavam a comer simplesmente nada.
Em 1934, o seu pai morreu e só podia contar com a ajuda do irmão.
Continuaram a trabalhar no campo, mas Abel descobriu que tinha um talento especial e, por volta de 1936, começou a vender pequenas peças trabalhadas em madeira, aos domingos, numa feira. Não ganhava muito, mas já dava para terem melhores condições de vida.
Aos 30 anos, casou e teve um filho, mas nunca abandonou o seu irmão e continuou a ajudá-lo em tudo o que podia.

Hoje, Abel vive num lar, pois perdeu toda a sua família, num acidente, do qual apenas ele sobreviveu. Abel recorda tudo com muito sofrimento, mas ao mesmo tempo com um sorriso na cara, pois os bons momentos que passou com a sua família também foram muitos.

 

Abel Mateus, nos dias de hoje, no lar
 
Inês Silva
publicado por conta-mehistorias às 19:55

Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
12

17
18
19
20

22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


arquivos
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO