Somos o 9.º A da Escola EBI c/JI Cidade de Castelo Branco. Neste blog, publicaremos os nossos trabalhos realizados no âmbito da disciplina de Área de Projecto.

08
Mar 10

Anos complicados

 

O meu avô, José Varão nasceu, em Salvaterra do Extremo, no ano de 1936. Na altura, os tempos que se viviam eram bastante complicados. Ele fazia contrabando de Salvaterra para Espanha, a fim de ganharem alguma coisa para comer. Lá em casa, eram os pais e 3 irmãos, a contar com ele. Saía de casa às sete da manhã e, para passar para o lado de Espanha, tinha de atravessar o rio Erges. Levava barras de sabão azul e branco, ovos e café. Quando chegava a Espanha, a Zarza la Mayor, fazia a troca por: laranja da Baía, peças de bombazina e chocolates. Comia uma sandes de atum e depois voltava a Portugal. A distância de Salvaterra a Zarza é de 12 km. Chegava a casa por volta das 13 horas. O almoço era sardinhas assadas com pão e sopa de feijão com hortaliça. Depois de almoço ia para o monte com os porcos e levava um pão com queijo para comer, enquanto andasse por lá. Voltava às 19 horas e o jantar era normalmente sopa. Às vezes também havia peixe frito ou arroz com bacalhau. Na altura, as pessoas faziam o seu próprio pão, que costumava durar para 2 dias. Depois do jantar juntavam-se todos um bocado em volta do lume e depois iam todos para a cama. E assim era na altura, tempos muito complicados, e difíceis de sobreviver, mas hoje em dia já não é assim.

 

 

 Pedro Lourenço     

 

publicado por conta-mehistorias às 23:46

Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
12

17
18
19
20

22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


arquivos
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO