Somos o 9.º A da Escola EBI c/JI Cidade de Castelo Branco. Neste blog, publicaremos os nossos trabalhos realizados no âmbito da disciplina de Área de Projecto.

10
Mar 10

 

Portugal nos anos 30 e 40
Jacinta dos Anjos Pereira nasceu a 12 de Março de 1929, na Póvoa da Atalaia.
“Recordo-me de quando era pequenina ter passado muita fome. Não vivíamos mal, mas, quando a crise apertou, foram tempos muito difíceis para a minha família. Comíamos muito pouco, apenas um pedaço de pão com azeitonas, umas couve e pouco mais. Éramos 5 no total e vivíamos numa grande fazenda, onde trabalhávamos de sol a sol a cavar, regar plantar, … Só tinha uma roupa e nunca usei sapatos, só no meu casamento! Foram tempos muito difíceis.

Uma história que me lembro dessa altura passou-se com a minha irmã mais velha. Tinha eu por volta dos meus oito anos, quando o meu pai nos mandou ir guardar uma vinha. Nesse dia, por acaso, passou o peixeiro. Naquela altura, o peixe era um alimento que mal se encontrava, aqui, na Beira Baixa, ainda por cima nas aldeias. Foi então que a minha irmã Joaquina tomou a iniciativa de ir falar com senhor, para ver se nos podia arranjar duas sardinhas. O senhor disse sim, mas em troca queria o seu chapéu cheio de uvas. Assim fizemos, colhemos as uvas e ele lá nos deu duas sardinhas. Mas se fossemos para casa com as sardinhas, o meu pai batia-nos e se as assássemos, sentia-se o cheiro e éramos apanhadas. Foi então que decidimos comê-las cruas e depois tivemos que ir lavar-nos à ribeira, para que não se sentisse o cheiro da sardinha, pois senão, já sabíamos a sova que levávamos.”

 

 

Sandrine Pessegueiro
publicado por conta-mehistorias às 20:53

Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
12

17
18
19
20

22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


arquivos
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO